Cartilha da Saúde Mental da Advocacia é lançada na sessão do pleno da OAB-PE

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Na sessão do conselho pleno da OAB Pernambuco desta segunda-feira (25), foi lançada a Cartilha de Saúde Mental da Advocacia, reunindo dicas chamando atenção para as doenças que afligem o cotidiano de advogados e advogadas no Brasil. Para o presidente da seccional, Bruno Baptista, o lançamento da cartilha, projeto encabeçado pela Caixa de Assistência aos Advogados de Pernambuco (Caape), é de extrema importância para a advocacia pernambucana.

“Ficamos muito orgulhosos de estarmos lançando aqui a cartilha que já é um sucesso nacional. Parabéns à Caape e à autora do texto, conselheira federal Sandra Krieger. Discutir saúde mental nos dias de hoje é essencial; principalmente quando temos números alarmantes de casos de depressão e ansiedade no nosso meio de trabalho”, explicou Bruno Baptista.

Para Sandra Krieger, inerente à profissão do advogado, o sofrimento alheio é o que permeia seu dia a dia. “Isto faz com que a busca dos ideais de justiça, humanidade, cidadania, da preservação de direitos no justo e no ético, lhe ofereça muitas recompensas, mas também um apropriar do sentimento das dores do outro, do futuro, dos ideais. É da profissão, certamente, mas que pode lhe ocasionar transtornos e frustrações que não raro, desencadeiam doenças das mais variadas”, explicou a conselheira federal e autora do texto da cartilha.

Além disso, a sessão do pleno contou com mais uma edição do programa Tribuna Livre e com a eleição de Ana Cristina Uchoa Martins como nova conselheira seccional suplente, que assumiu no lugar de Izabel Urquiza Godoi.