Comissão de Diversidade Sexual da OAB-PE comemora 10 anos de atividade e pioneirismo

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

A Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero (CDSG) da OAB-PE, a primeira do país entre as seccionais, chega no próximo dia 17 aos seus 10 anos de existência. Para marcar a data, será realizada uma sessão onde serão homenageadas 29 pessoas e entidades que militam em prol da causa LGBTI. O ato acontece terça-feira (16), no auditório da OAB-PE, às 19h. Entre os homenageados estão o ex-presidente da OAB-PE Jayme Asfora, responsável pela criação da comissão, e Robeyoncé Lima, primeira advogada transexual do estado.

Para a presidente da CDSG, Goretti Soares, comemorar os dez anos de atuação da comissão é motivo de orgulho pelo pioneirismo visionário e pelo comprometimento da seccional pernambucana com a garantia dos direitos da população LGBTI. “Para nós é um grande orgulho fazer um evento como este. É um momento muito especial em que podemos homenagear alguns agentes e entidades engajados na causa e incentivar para que surjam outros e que muitas outras pessoas se juntem a nós na defesa da população LGBT”, explicou Goretti Soares.

O presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, ressalta o pioneirismo da OAB-PE em instituir a comissão, e que a missão da Ordem na defesa dos direitos humanos e da dignidade da pessoa humana passa por trabalhos de conscientização e de defesa dos direitos como o desempenhado pela CDSG.

“Diante de um país que ostenta os maiores índices mundiais de violência e exclusão contra essas cidadãs e cidadãos brasileiros, muito me honra a oportunidade de encampar essas lutas por igualdade de direitos e dignidade humana. Nossa equipe, diversa, como nosso povo, formada por advogadas e advogados altivos e alinhados com os valorosos princípios humanitários da nossa Carta Magna, atua em parceria com as entidades públicas e privadas que promovem ações e dão visibilidade à cidadania LGBTI”, ponderou a presidente da CDSG, Goretti Soares.

Segundo dados de pesquisa da Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros e Intersexuais (ILGA), o Brasil é o país que mais mata pessoas LGBTs no mundo, liderando o mesmo dado para crimes transfóbicos. “A cada 24h uma pessoa LGBT é assassinada no Brasil apenas pelo fato de ser quem é. Por isso a importância de comissões como esta para que se dê visibilidade ao assunto e convoque a população para a causa da diversidade que é uma causa de todos”, concluiu Goretti.

Confira abaixo os homenageados:
1. Jayme Asfora
Presidente da OAB/PE de 2007 a 2009 – Instituiu a CDSG/PE

2. Maria Rita Holanda
Advogada – 1a Presidente da CDSG/PE

3. Adriana Rocha
Advogada – Vice-presidente da CDSG do CFOAB

4. Luciana Brasileiro
Advogada – 2a Presidente da CDSG/PE

5. Maxwel Vignoli
Promotor de Justiça de Direitos Humanos do Recife

6. Élio Braz Mendes
Juiz da 2a Vara da Infância e Juventude do Recife

7. Clicério Bezerra e Silva
Juiz da 1ª Vara de Família e Registro Civil do Recife

8. Henrique da Fonte
Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Pública

9. Maria do Céu de Ataíde Vasconcelos
Empresária e Produtora Cultural

10. Robeyoncé Lima
Advogada e Co-Deputada Estadual

Entidades:
1. Coletivo Mães pela Diversidade
2. Gestos, Soropositividade e Comunicação
3. Articulação e Movimento para Travestis e Transexuais de PE – AMOTRANS
4. Associação de Homens Trans e Transmasculinidades – AHTM
5. Movimento Integrar de PE
6. Instituto Transviver
7. Movimento LGBT Leões do Norte
8. Recifest – Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero
9. Diretoria LGBT – UFPE
10. Espaço Trans – HC/UFPE
11. Grupo de Trabalho em Prevenção Positivo – GTP+
12. Grupo Robeyonce Pesquisa-ação
13. Coletivo de Lésbicas e Bissexuais de PE
14. Instituto PAPAI
15. Grupo LGBT Sete Cores de Pombos
16. Gerência de livre Orientação Sexual – GLOS
17. Centro Estadual de Combate à Homofobia – CECH
18. Forum LGBT
19. Grupo de Cidadania Homossexual de Pernambuco – GCHP