Comitiva da OAB-PE participa de desagravo em João Pessoa

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Da equipe de Comunicação da OAB-PE, com informações do site da OAB-PB

A OAB Pernambuco esteve presente no desagravo realizado nesta quinta-feira (1) pela OAB Paraíba. Uma comitiva da seccional pernambucana, comandada pelo presidente Bruno Baptista, acompanhou o ato, realizado em frente à chefia da Polícia Civil do estado em João Pessoa. O desagravo foi em favor dos advogados Felipe Leite Ribeiro Franco, Igor Guimarães Lima, Inngo Araújo Miná, Ítalo Augusto Dantas Vasconcelos, Joalyson Resende, Janny Milanes e Leonardo Rosas que foram arbitrariamente agredidos e detidos no último fim de semana.

“É importante trazer este nosso apoio. O desrespeito às prerrogativas é uma agressão a toda a advocacia”, afirmou Bruno Baptista. O presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, participou do ato, comandado pelo presidente da OAB Paraíba, Paulo Maia. O desagravo contou com a presença de centenas de advogados e advogadas, todos unidos em torno da bandeira das prerrogativas.

Santa Cruz afirmou que os fatos ocorridos na Paraíba deixaram toda a advocacia perplexa e que os atos de autoritarismo não serão esquecidos. “A advocacia criminal não conhece o que é ficar de joelhos. Somos o armamento da cidadania. Nesse país, durante toda a sua história, houve uma única e permanente batalha, a do Estado Democrático de Direito contra o autoritarismo.

O presidente da OAB-PB, Paulo Maia, agradeceu o apoio e o empenho do Conselho Federal na defesa das prerrogativas dos colegas que foram atacados. “Se não defendermos as prerrogativas com intransigência e firmeza não seremos dignos de ostentarmos a carteira vermelha da OAB. Hoje, a Ordem, a partir do Conselho Federal, está aqui para dizer a todos os agravados, vocês são advogados e advogadas, guardiões da cidadania, a voz dos que não tem voz. Hoje, fomos convocados e reafirmamos os bons propósitos de não entregarmos os pontos diante do arbítrio e da violência”, disse.

Em uma postagem nas redes sociais, Paulo Maia fez questão de agradecer a presença e o apoio da comitiva da OAB-PE no desagravo.

A comitiva pernambucana, encabeçada pelo presidente Bruno Baptista, foi composta pelos conselheiros federais Silvia Nogueira, Leonardo Accioly, Ronnie Duarte e Carlos Harten; pelos conselheiros seccionais Leonardo Camelo, Max Maciel, Carlos Barros, que também é presidente da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas (CDAP); o diretor-geral da ESA-PE, Mario Guimarães, e o diretor-tesoureiro da ESA, Yuri Herculano, que também integra a CDAP.