Conselheiro federal da OAB-PE é escolhido para o TCE

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

O governador Paulo Câmara escolheu o conselheiro federal da OAB-PE e presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB Nacional, Carlos Neves, para compor o Tribunal de Contas do Estado (TCE) na vaga aberta pelo falecimento do conselheiro João Campos. O nome de Carlos Neves será submetido à Assembleia Legislativa, segundo disciplina a Constituição Estadual.

O presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, enalteceu a escolha do governador e acredita que, pela trajetória e pelo perfil ético do conselheiro, o nome dele será chancelado pelos deputados estaduais. “Carlos Neves tem serviços prestados à OAB e uma trajetória profissional exitosa e ética, que o credencia para essa importante missão. É um nome que honra a advocacia pernambucana e dará, tenho certeza, uma grande contribuição para esta instituição tão relevante para o Estado que é o TCE”.

Carlos Neves tem 44 anos e mais de duas décadas de advocacia. No sistema OAB, foi membro do conselho consultivo da Escola Nacional da Advocacia e diretor-geral da Escola Superior da Advocacia em Pernambuco (ESA-PE). Foi eleito conselheiro federal para o triênio 2019-2021.