Carta dos presidentes dos tribunais de ética e dos corregedores encerra encontro no CFOAB

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
*Com informações do CFOAB

Após dois dias de intensos debates na sede do Conselho Federal da OAB, o XIII Encontro de Presidentes de Tribunais de Ética e Disciplina e o IX Encontro de Corregedores do Sistema OAB terminaram com a leitura de uma carta, que vai nortear as ações dos TEDs e das Corregedorias no triênio 2019-2021.

O documento apresenta um resumo dos pontos debatidos e também traz orientações para as novas gestões que se iniciam em todo o sistema OAB. O secretário-geral adjunto e corregedor nacional da OAB, Ary Raghiant Neto, afirmou que o evento foi extremamente positivo para a Advocacia.

“Avançamos em vários pontos em relação ao processo ético-disciplinar no âmbito da OAB, com a possibilidade de implementar o processo virtual, plenário eletrônico, estabelecemos um calendário para as correições nas 27 seccionais, a manutenção da corregedoria itinerante, portanto, foram várias conquistas e ações que vão nortear o nosso trabalho no triênio. A ética é a palavra chave que norteia a nossa profissão, portanto, as ações da corregedoria, dos tribunais de ética circundam este conceito e é isto que vamos levar a advocacia em todo o Brasil. A Ordem quer dar o exemplo”, destacou Ary Raghiant Neto.

Confira as fotos no Banco de Imagens

Confira aqui a íntegra a Carta XIII encontro de Presidentes de Tribunais de Ética e Disciplina e IX Encontro de Corregedores da OAB