Mulheres são maioria da bancada pernambucana no CFOAB

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

A conselheira federal da OAB Pernambuco Silvia Nogueira tomou posse, nesta segunda-feira (19), como membro efetiva do conselho federal da Ordem em Brasília. Também na manhã desta segunda, Graciele Lima, suplente de Leonardo Accioly, assumiu temporariamente (até setembro) a cadeira no conselho federal. Com isto, a bancada pernambucana no Conselho Federal da OAB está composta majoritariamente por mulheres pela primeira vez na história. Elas se unem a Ronnie Duarte na bancada.

Para Silvia Nogueira, a representatividade feminina é fundamental para que se alcance a igualdade substancial de gênero nas instituições. “Nós devemos ocupar os espaços que sempre nos pertenceram, mas que nunca tivemos a chance de ocupá-los. Não é uma questão de competição, mas de oportunidade. Temos que estar presentes nas entidades e nas estruturas de poder”, comentou.

Além da questão da representatividade feminina, Silvia Nogueira entende que este é um momento importante para a Ordem dos Advogados do Brasil no que vem sendo atacada diariamente. “A OAB enquanto guardiã do Estado Democrático de Direito vem sendo cotidianamente atacada por exercer essa função de defesa da Constituição Federal. O desafio é enorme. A cada dia, a cada hora, nos deparamos com uma situação que impõe um pronunciamento sério da instituição”, explicou a conselheira federal.

Os conselheiros federais da OAB-PE têm como função representar os interesses da advocacia pernambucana, discutidos nas sessões do mensais pelos conselheiros estaduais na sede da OAB-PE, no Conselho Federal, em Brasília.