Nota de desagravo – Em desfavor de Antônio Geraldo Silva de Oliveira

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Nota de desagravo em desfavor do tenente coronel da Polícia Militar Antônio Geraldo Silva de Oliveira, então diretor do Centro de Reeducação da Polícia Militar de Pernambuco (Creed), por violar a prerrogativa dos advogados Ygor Pereira de Lima e Wagner Domingos do Monte. Ele expediu portaria limitando a entrada de advogados e advogadas à unidade prisional até as 17h, medida que levou ao impedimento do acesso dos profissionais da advocacia aos seus clientes.

Confira o documento na íntegra AQUI.