Nota Oficial de repúdio e pesar pelo assassinato de Sandro Cipriano, militante LGBT em Pombos

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

A OAB-PE, através da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero, vem expressar o seu pesar e veemente repúdio ao assassinato do professor Sandro Cipriano, cujo corpo foi encontrado no último sábado (29/06), após desaparecimento em 27 de junho. Sandro era um militante LGBT, coordenador do Grupo LGBT Sete Cores de Pombos (PE) e sua morte precoce deixa uma lamentável lacuna entre os movimentos sociais. A OAB estará atenta e acompanhando de perto o desenrolar deste caso, para que não seja mais um a engrossar as tristes estatísticas da Comissão Interamericana de Direitos Humanos que apontam o Brasil como o país mais homofóbico e transfóbico dos 35 países das Américas (relatório de 2015), ao mesmo tempo em que aguarda, com a certeza de todo o empenho da polícia estadual, apuração rigorosa deste crime com identificação dos seus algozes e justa punição. A Ordem também se solidariza com o sofrimento dos familiares e amigos.