OAB-PE celebra 10 anos da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero em noite de homenagens

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Celebrando o pioneirismo entre as seccionais, a Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Pernambuco (CDSG) comemorou sua primeira década de atuação nesta terça-feira (16), em evento realizado no Auditório Fernando Santa Cruz, sede da seccional pernambucana. Com a participação do presidente Bruno Baptista; da vice-presidente Ingrid Zanella; da presidente da CDSG, Goretti Soares; e do ex-presidente da OAB-PE, à frente da seccional na época da criação da comissão, Jayme Asfora, importantes agentes na construção da comissão durante esse período foram homenageados.

Para o presidente da OAB Pernambuco, Bruno Baptista, celebrar esta marca é fundamental para construção de conquistas cada vez mais sólidas. “A OAB-PE tem um olhar atento às questões de igualdade sexual e de gênero. Acreditamos que é inadmissível, nos dias atuais, o Brasil ser o país que mais mata homossexuais no mundo inteiro. Podem ter certeza que nós lutaremos sempre pela garantia e respeito aos diretos de todos”, comentou.

As homenagens foram estendidas às pessoas e entidades que engradeceram a luta da comunidade LGBTI durante esses 10 anos. Entre eles, estiveram o ex-presidente da OAB-PE, Jayme Asfora, os juízes Clicério Bezerra e Silva, responsável pela 1ª Vara de Família e Registro Civil do Recife; e Hélio Braz Mendez, Juiz da 2ª Vara da Infância e Juventude do Recife. Confira a lista com todos os homenageados aqui.

“Tenho muito orgulho de fazer parte da história desta comissão tão atuante. Por isso, decidimos homenagear todas essas pessoas e entidades que atuam na promoção e efetivação dos direitos da população LGBTI. Nós acreditamos que é fundamental reconhecer o trabalho de quem mantém a coragem e não se deixa abater na luta pela igualdade”, reforçou a presidente da CDSG, Goretti Soares.

Na ocasião, a CDSG lançamento do Edital para seleção de ensaios e artigos sobre gênero e diversidade sexual. Os temas devem ser relacionados aos “Estudos de Gênero e Diversidade Sexual na perspectiva jurídica e outros campos interdisciplinares envolvidos com questões de diversidade”, e podem ser enviados para o e-mail da comissão (diversidadeoab@gmail.com) até o dia 30 de junho. Todo material selecionado irá ser convertido em um livro eletrônico no segundo semestre deste ano. Podem participar advogados e estudantes de direito em coautoria com advogados.