OAB-PE participa de ato nacional em defesa da Justiça do Trabalho

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Em ato contra a extinção da Justiça do Trabalho, o presidente da OAB Pernambuco, Bruno Baptista, participou de movimento nacional junto à diversas instituições e órgãos de classe, nesta segunda-feira (21), na área de externa da Justiça do Trabalho da Imbiribeira. O encontro teve como o objetivo reforçar a importância da instituição para a sociedade civil e preservação do estado democrático de direito mediante articulações que visam sua extinção. Na seccional, a iniciativa foi encabeçada pela Comissão de Direito do Trabalho (CDT).

“A Justiça do Trabalho desempenha um papel importantíssimo de pacificação social, de desenvolvimento social e é fundamental que ela continue funcionando cada vez mais fortalecida. Por isso, a OAB Pernambuco repudia todo e qualquer ato que possa coloca-la em risco”, disse o presidente Bruno Baptista.

Além do presidente Bruno Baptista, a vice-presidente Ingrind Zanella, a conselheira federal Silvia Nogueira, a presidente da CDT, Marina Roma, conselheiros seccionais e representantes de comissões, advogados e advogadas, magistrados e servidores da justiça do trabalho corroboraram para a realização do ato.

Compuseram o ato, também, representantes da Associação dos Advogados Trabalhistas de Pernambuco (AATP), Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 6ª Região (AMATRA), a Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas (ABRAT), a Associação dos Servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (ASTRA), o Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal de Pernambuco (SINTRAJUF/PE), o Instituto dos Advogados de Pernambuco (IAP), o Instituto Brasileiro dos Advogados (IAB), a Associação dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais do Estado de Pernambuco (Assojaf/PE), o Sindicato dos Advogados de Pernambuco e a Associação dos Peritos Judiciais do Estado de Pernambuco.