OAB-PE realiza blitz educativa em agências do INSS

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

O Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Pernambuco (OAB-PE), realizou, nesta terça-feira (29), uma nova blitz educativa a partir de denúncias que chegaram à instituição de condutas irregulares de advogados na abordagem a potenciais clientes. O presidente do TED, Marcus Lins, fez visitas a duas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Casa Amarela e na avenida Mário Melo, no Recife.

Marcus Lins conversou com os gestores das unidades e colocou a OAB-PE à disposição no combate às condutas ilegais.  Segundo o presidente do TED, as denúncias são de que advogados e advogadas que atuam na área previdenciária estariam aliciando seus possíveis clientes nas dependências das agências da Previdência Social e no entorno. Além disso, de acordo com as denúncias, os profissionais estariam utilizando atravessadores para promover leilões de honorários e barganhar preços. Tais condutas são vedadas pelo Código de Ética da Advocacia. Na ação desta terça-feira, nenhum caso foi identificado pelo presidente do TED.

“Esse tipo de prática irregular prejudica toda a advocacia. Estaremos sempre fazendo este tipo de atuação para conscientizar e, eventualmente, punir os advogados que estejam se utilizando de terceiros para captar clientes, especialmente nos postos do INSS”, explicou Marcus Lins.

Caso seja comprovada a prática de infração ético-disciplinar, o advogado está sujeito à aplicação de penalidades previstas no Código de Ética – que vai da suspensão temporária do exercício da profissão até a exclusão dos quadros da OAB-PE. Esta foi a segunda blitz educativa do TED este ano. A primeira foi no último dia 17 na Central de Flagrantes da Polícia Civil, no Recife.