OAB Pernambuco apoia medidas de atenção aos imigrantes no Recife

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email
Agência Brasil

A OAB Pernambuco, por meio da sua Comissão de Refugiados, assina, em conjunto com outras entidades, uma nota pública solicitando providências à Prefeitura do Recife com relação à população indígena Warao, vinda da Venezuela, com o objetivo de resguardar as pessoas em situação de migração em meio a pandemia do novo coronavírus. Entre as solicitações, está a disponibilização de moradia adequada, água potável e equipamentos de proteção e higiene básica.

A nota solicita, ainda, garantia do direito à consulta médica, direito à alimentação adequada aos seus costumes, direito à comunicação pela via linguística dos mesmos, direito de receber esclarecimentos e informações adequadas sobre o quadro de saúde pública e as medidas de prevenção gerais e específicas, em língua que lhes seja compreensível, ainda que para isso seja necessária a contratação de intérprete.

Clique aqui e confira a nota na íntegra.