OAB Pernambuco cria Comissão de Igualdade Racial

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Legitimando seu compromisso com a sociedade na luta em favor das minorias, a OAB Pernambuco criou, nesta terça-feira (20), no Dia Nacional da Consciência Negra, a Comissão de Igualdade Racial (CIR). A oficialização foi feita pelo Presidente em exercício, Leonardo Accioly.

Tendo como presidente a advogada e professora Juliane de Lima Barros, a comissão tem o objetivo de acompanhar, denunciar e cobrar a responsabilidade sobre os atos de discriminação racial nos órgãos do judiciário, representando mais uma força na luta contra o racismo na sociedade.

Reiterando a importância da discussão de estratégias e mecanismos em defesa das minorias étnicas junto ao poder judiciário, Juliane aponta os ganhos da advocacia com a criação da CIR. “Este ato tem um importante peso para os profissionais da advocacia, representando a força dos advogados e advogadas negros, principalmente em se tratando de um momento em que situações de racismo são naturalizadas, a exemplo do caso da Dra. Valéria Santos, no Rio de Janeiro”, comenta.