Para conscientizar sobre o autismo, OAB-PE ilumina a fachada da sede na cor azul

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

A sede da OAB Pernambuco, no Recife, segue com a fachada iluminada na cor azul durante todo o mês de abril como parte da mobilização internacional para lembrar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Celebrada em 2 de abril, a data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) na década passada com o objetivo de alertar sobre o distúrbio.

Além de aderir à iluminação em tom azulado, a OAB-PE divulgou a data em suas redes sociais. Dessa forma, pretende ampliar o alcance da sensibilização tanto para advogados e advogadas e estudantes de direito como para a sociedade em geral.

Por todo o país, monumentos e prédios públicos recebem iluminação especial em alusão ao Dia Mundial do Autismo, quando instituições do mundo inteiro se unem ao movimento Acenda uma luz azul (em inglês Light It Up Blue). A iniciativa pretende promover a conscientização social sobre o transtorno, que deixou de ser classificado como doença há mais de 15 anos. O Ministério da Saúde, em Brasília (DF), e o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro (RJ) estão entre os locais e atrações turísticas que costumam aderir à mobilização.

Mais – O autismo é um transtorno de desenvolvimento que compromete principalmente as habilidades de comunicação e interação social. Os sintomas costumam ficar evidentes antes de a criança completar três anos de idade e variam em cada indivíduo. O diagnóstico segue critérios estabelecidos pela Classificação Internacional de Doenças da OMS e pelo Manual de Diagnóstico e Estatístico da Sociedade Norte-Americana de Psiquiatria. Ele leva em conta o comprometimento e o histórico do paciente.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o autismo acomete cerca de 1% da população mundial. No Brasil, aproximadamente dois milhões de pessoas receberam esse diagnóstico. A cor azul foi escolhida para representar o distúrbio pelo fato dele ocorrer mais frequentemente em homens do que em mulheres.