Polícia instaura inquérito para apurar ameaças à presidente da subseccional

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar ameaças à presidente da OAB Carpina, Ana Bernardo. A advogada passou a receber ameaças após iniciar um trabalho na cidade e região de combate ao exercício ilegal da advocacia por não advogados.

O advogado Tiago Siebra, da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas (CDAP) da OAB-PE, esteve na cidade acompanhando o caso e prestando apoio à presidente da subseccional. A vítima e uma testemunha foram ouvidas e a previsão é de que ainda nesta quarta-feira (22) seja expedido um mandado de intimação para ouvir o imputado.

Na última terça-feira (21), o presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, esteve em Carpina reforçando o apoio incondicional da Ordem à presidente da subseccional e afirmou que tomará as medidas necessárias para garantir a proteção da advogada. Também estiveram presentes o secretário-geral adjunto da OAB-PE, Ivo Amaral, e o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de Pernambuco (Caape), Fernando Ribeiro Lins.