Seminário sobre privacidade e proteção de dados lota auditório da OAB-PE

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Com o auditório lotado e um público atendo às questões de temas de alta relevância na atualidade, a OAB Pernambuco realizou nesta terça-feira (7), o I Seminário Pernambucano de Privacidade e Proteção de Dados, na sede da seccional. Mediado pelo presidente da Comissão de Direito de Startups, Ticiano Gadelha, o evento abordou assuntos como inovação e proteção de dados, startups e proteção de dados, e Lei Geral de Proteção de Dados em cidades inteligentes.

Ticiano agradeceu o apoio que vem sendo dado pela seccional pernambucana às questões que tocam o investimento em aprimoramento da tecnologia e assuntos co-relacionados. “A OAB-PE vem nos apoiando na realização de eventos desta magnitude, com profissionais de tamanho prestígio no cenário nacional e mundial”, comentou.

A programação do evento foi composta pela apresentação da presidente da Comissão de Direito Digital da OAB Olinda, Aline Menezes abordando o tema “GDPR – O que é o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados da União Europeia”; Amália Câmara, professora de Direito Digital da UPE, apresentando o painel “LGPD em cidades inteligentes”; Marcel Costi, advogado especialista em Direito de Startups, com “Startups & proteção de dados”; Marcílio Braz Júnior, advogado e fundador da Privacy Academy, com “Compliance em LGPD: como implementar nas empresas e modelar soluções para clientes”; Paloma Saldanha, fundadora do Placamãe.org_, abordando o tema “Prosumer, princípios e direcionamento: implicações jurídicas”; e Raíssa Moura, gestora jurídica da InLoco, apresentando “Inovação e proteção de dados”.